Mencer (ou sol-pôr)

sol-pôr

Mencer, sol-pôr

Hoje trazemos umha nova micro-interaçom —verdadeira micro-interaçom pois a tentativa anterior infelizmente ficara em macro-interaçom—. Trata-se do botom para voltar ao topo que desde há uns dias temos no pé deste site.

Pudestes vê-lo?

A verdade é que pensamos em fazê-lo mais evidente, engadindo umha flecha ou texto, coma no menu principal, mas finalmente ficou como está: um sol na linha do horizonte (o mar) prestes a nascer.

Porquê

Todo o webdesign como conhecemos hoje é baseado em metáforas. Utilizamos botões por que são a coisa do mundo real mais próxima de algo que “ativa”. Chamamos links de âncoras. E browsers de janelas.

Dani Guerrato, Design para telas sensíveis ao toque
A nossa argumentaçom para nos decidir agir deste jeito foi:

  1. Ao deixarmos o sol só, alguma usuária pode nom se decatar de que é um botom. Nom tem forma clássica de botom (retangular), nem vai acompanhado dalgum ícone (↑) ou texto que ajude a entender que é.
  2. Ao deixarmos o sol só, a micro-interaçom ganha em poesia, já que é ao interagirmos com ele que sobe ao céu, criando assim umha metáfora visual. E também em surpresa, pois o que poderia ser um pequeno ornamento: sol no pé, adquire vida (sobe) ao interagirmos com ele e permite fazer algo útil, voltar ao topo do página.
  3. Como o botom nom é um elemento fundamental para a navegaçom no sítio, quem quiser pode voltar ao topo fazendo scroll ou arrastando o dedo, optamos por deixá-lo com a sua fasquia mais simples: o sol só, umha metáfora dentro dumha metáfora.

Num vindoiro post explicamos como é que fizemos o botom 😉

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *